Perguntas Frequentes

Escolha um dos tópicos abaixo e veja nossa lista de perguntas frequentes.

Após isso, caso ainda tenha alguma dúvida sobre nossos produtos ou serviços, acesse nossa página de contato e nos envie seus dados.

Laje Treliçada

As lajes pré-moldadas ou pré-fabricadas são as lajes que já chegam prontas ou semi-prontas na obra. São compostas por placas ou painéis de concreto preenchidos com materiais diversos a fim de formar um conjunto resistente. Como vantagem, o sistema apresenta o custo acessível e a facilidade de montagem. Além disso, dispensam a grande quantidade de madeira usada na execução das lajes convencionais.

As lajes treliçadas são compostas por vigotas treliçadas e elementos de enchimento intermediário inertes, que podem ser blocos cerâmicos ou isopor. Por sua vez, vigotas treliçadas são formadas por uma base de concreto (medindo 12,5 cm de largura e 3 cm de altura) e uma armação treliçada que pode ter variados tamanhos.

Para ver os diversos tipos de lajes que vendemos acesse nossa área de produtos.

As lajes podem servir de forro, antecedendo a cobertura do telhado. Também podemos considerar que servem de piso para o andar superior de uma obra, ajudando também a sustentar as paredes de uma obra. Além disso, servem para eliminar possíveis vigamentos e vencer grandes vãos.

Para a montagem da laje distribua as vigas de cada vão de acordo com o sentido e tamanho indicado na planta de montagem. Lembramos que é extremamente necessário que estas vigas apóiem no mínimo 5cm sobre o respaldo das paredes. Inicie a montagem com a viga junto à uma das extremidades e prossiga a distribuição colocando entre elas uma lajota em cada extremidade, não deixe folgas e mantenha a distribuição sempre no esquadro.

Logo depois, coloque o restante das lajotas e marque os pontos de luz com a colocação da lajota furada ou da caixa de luz.Cuidado,nunca caminhe diretamente sobre as lajotas, utilize tábuas para transitar sobre a laje até a concretagem. A nervura de travamento é usada sempre que haja cargas concentradas a distribuir (paredes) ou quando o vão for superior a 4.00m, exigindo-se duas nervuras se o vão ultrapassar a 6.00m. É executada transversalmente, garante maior estabilidade na laje e reduz o efeito das deformações.

Para a concretagem, antes molhe muito bem as lajotas e vigas para o lançamento do concreto, para evitar que as peças absorvam a água do concreto. Espalhe bem o concreto preenchendo todos os espaços vazios principalmente nos encontros entre as vigas e lajotas garantindo a solidez do conjunto. Molhe bem a laje durante 5 dias após o capeamento efetuando assim a cura do concreto. Retire o escoramento somente 21 dias após a concretagem. Nunca deixe acumular muito concreto em um único ponto, evitando assim riscos de quebras e acidentes.

Para visualizar melhor o processo acesse nossa página da Montagem Detalhada.

A Armação Treliçada é uma leve e resistente estrutura metálica, com qualidade garantida pela composição de fios de aço CA-60, que eletro soldados apresentam forma piramidal. É constituída por duas treliças planas, inclinadas e unidas pelo mesmo vértice superior, que promove perfeita aderência ao concreto. Sua principal utilização é em estruturas de lajes, mas, também é usada em verga e contra verga; colunas de muros e pequenas residências; espaçadores para pisos de concreto e calçada armada.

Sua utilização em lajes supre várias deficiências da laje convencional (vigota em T). Trás maior custo-benefício, além de reforçar a estrutura geral da laje , impedindo sua quebra em transporte, além de combater o esforço de cisalhamento das peças.

O termo técnico oficialmente utilizado pela ABNT para a altura da treliça armada nas lajes é "TR". Então, em algumas tabelas pode-se ver, por exemplo, TR12, o que significa que a armação treliçada tem 12 centímetros de altura. A medida da treliça começa a partir da base de concreto da vigota. Portanto, parte desta medida estará inserida na base de concreto e não visível.

A laje pode ser preenchida, como se vê no menu de "Produtos", com EPS (isopor) ou bloco cerâmico. A função deles é reduzir o volume de concreto, o peso da laje em si, além de servir como forma para o concreto complementar.

Sua resistência não define a da laje, mas é importante que resistam pelo menos à 100kg, considerando os esforços de trabalho para montagem e concretagem. Qualquer um dos enchimentos tem dentes de encaixe para que não haja escorrimento de concreto.

O termo "H" (maiúsculo), seguido de um número, representa a altura, em centímetros, do enchimento que compõe a laje, o qual acompanha uito de perto também o tamanho da treliça utilizada (TR). Então, por exemplo, se o vão de sua obra for extenso ele exigirá uma altura final maior da laje. Nesse caso, o calculista irá determinar qual altura e qual enchimento irá precisar, como  por exemplo a H20 (laje com enchimento cerâmico de 20 cm de altura e TR ).

Quando há barra após o primeiro número, está se falando da largura do enchimento em centímetros. Ex: H07/30 ( 7cm de altura e 30 cm de largura).

O termo "LT", segundo as definições da ABNT, significa "laje treliçada". Comumente utilizado em tabelas de cálculo, este termo, seguido de um número, também representa a altura total da laje. Esta é o resultado da soma da altura do enchimento (H) mais a capa de concreto. Atualmente, na maioria das obras, se utiliza o mínimo de 5 cm de concreto sobre a laje, não importando a altura de seu enchimento (H07,H10,H12,...). Mas a colocação de lajes impõe diferentes cenários em diferentes projetos, nos quais essa capa pode ser maior ou menor, influenciando no tamanho total da laje. Por isso é muito importante a aprovação de seu engenheiro sobre qual laje comprar. Em muitos projetos os engenheiros utilizam a letra "h" (minúscula) para representar a altura total da laje, este sendo o termo oficial usado pela ABNT.

A palavra BETA se equivale aos dois vocábulos explicados anteriormente. Desta forma, analisemos os exemplos, considerando 5cm de capa:

LT12/ CER      --       h12 / CER     --     BETA 12 / CER

Todos, apesar de utilizarem nomenclaturas diferentes, informam que estamos falando de uma laje treliçada, com enchimento de cerâmica, com altura (H) de 7 centímetros (12cm - 5 cm de capa de concreto). Geralmente, os engenheiros pedem diretamente, por exemplo, a "laje h12 ou BETA 12", considerando os 5cm de capa. Assim, sabemos que a laje H07 é o que ele deseja.

Veja abaixo outros exemplos de tamanho:

Intereixo é a distância entre eixos de vigotas pré-fabricadas, entre as quais serão montados os elementos de enchimento. Os intereixos mínimos variam em função do projeto das pré-lajes treliçadas. Para as com enchimento de cerâmica o intereixo mínimo deve ser de 42 cm e para as com enchimento em isopor deve ser de 50 cm.

São seis etapas fundamentais: o escoramento, considerando a aplicação de Contra-flexa; montagem da laje em si; nervura de travamento; armadura de distribuição e ferragem negativa; e por fim a concretagem.

Para visualizar melhor o processo acesse nossa página da Montagem Genérica.

Podemos dizer que no geral as lajes de menor tamanho na altura total (LT12, por ex) e com lajota cerâmica, saem um pouco mais baratas em relação ao EPS, além de terem maior acomodação e aderência à vigota.

Por outro lado, para lajes com alturas totais maiores (LT16, LT20, por ex) e com enchimento em EPS o custo TOTAL da laje costuma ser um pouco menor em relação à cerâmica, além de serem mais fáceis de montar e reduzir o peso próprio da laje. Veja a comparação em relação ao enchimento em cerâmica na tabela abaixo, num exemplo hipotético:

Altura da Lajota (cm)Altura da Laje Acabada (cm)Peso Próprio (Kgf/m²)Redução do Peso Próprio em % com EPSRedução Média de Seção de Aço Positivo
Concreto LeveEPS
812184,5148,819%8%
1216226,7173,224%11%
1620269197,627%14%
2025336,224727%15%

Nas lajes unidirecionais os elementos de enchimento são dispostos em uma única direção, requerendo nervuras transversais para reforço da estrutura na obra. 

Já as lajes bidirecionais os elementos podem ser dispostos em duas direções, dando o aspecto de uma malha "em xadrez" se olhadas por baixo na obra.

Figura ilustrativa

Painel Treliçado

Não, são produtos diferentes à medida que os painéis tem uma base de concreto bem mais larga que as vigotas das lajes. Se aproxima mais da laje maciça, porém sem a necessidade de se utilizar madeira. São um pouco mais caras que as lajes convencionais, porém vencem maiores vãos com maior facilidade.


Sim, os processos são bem parecidos, sendo que no caso do painel se economiza um pouco mais nos escoramentos em alguns casos. Além dele oferecer a possibilidade de poder ficar aparente no teto, após a montagem.


A Armação Treliçada é uma leve e resistente estrutura metálica, com qualidade garantida pela composição de fios de aço CA-60, que eletro soldados apresentam forma piramidal. É constituída por duas treliças planas, inclinadas e unidas pelo mesmo vértice superior, que promove perfeita aderência ao concreto.

Sua principal utilização é em estruturas de lajes, mas, também é usada em verga e contra verga; colunas de muros e pequenas residências; espaçadores para pisos de concreto e calçada armada.

Sua utilização em lajes supre várias deficiências da laje convencional (vigota em T). Trás maior custo-benefício, além de reforçar a estrutura geral da laje , impedindo sua quebra em transporte, além de combater o esforço de cisalhamento das peças.

O termo técnico oficialmente utilizado pela ABNT para a altura da treliça armada nas lajes é "TR". Então, em algumas tabelas pode-se ver, por exemplo, TR12, o que significa que a armação treliçada tem 12 centímetros de altura. A medida da treliça começa a partir da base de concreto da vigota. Portanto, parte destes centímetros estarão inseridos na base de concreto e não visível.

Sim, dependendo do tipo de painel. Há os painéis treliçados maciços, que não aceitam nenhum tipo de enchimento, e os chamados nervurados, que contém enchimento de isopor.

Segundo a ABNT, o termo PT-M significa "painel treliçado maciço" e PT-N "painel treliçado nervurado". Estes termos são utilizados em tabelas de cálculo de vãos máximos e também para se ter uma base sobre o consumo de concreto na obra.


O termo "PT-M", seguido de um número, representa a altura total do painel treliçado maciço, em centímetros, considerando sua base mais a capa de concreto que o cobre.

O termo "PT-N", seguido de um número, representa a altura total do painel treliçado nervurado, em centímetros, considerando sua base, mais o enchimento de isopor que o compõe e a capa de concreto que o cobre.

Ambos os tipos possuem sempre como base uma pré-laje de 3 cm. Portanto, a soma inicia com 3 nos dois tipos.

Assim como nas lajes, a palavra BETA pode aparecer para especificar ambos os tipos. Assim podemos exibir os exemplos:

  1. PT-M 08 >> temos os 3 cm de base, então sabemos que deve-se ter uma capa de concreto de 5 cm. (03+05). A altura da treliça será TR06. 

  2. PT-M 18 >> temos os 3 cm de base, então sabemos que deve-se ter uma capa de concreto de 15 cm. (03+15). A altura da treliça será TR16.

  1. PT-N 20 >> temos 3 cm de base e se 4 cm de capa, portanto sabemos que o enchimento de EPS terá 13 cm de altura. (03+13+04). 

  2. PT-N 30 >> temos 3 cm de base e se 5 cm de capa, portanto sabemos que o enchimento de EPS terá 22 cm de altura. (03+22+05)

    (significam a mesma coisa)

PT-M 08  --  BETA PT-M 08  -- h PT-M 08

PT-N 12  --  BETA PT-N 12  --  h PT-N 12

O painel treliçado maciço tem esta altura máxima pois acima desse valor deve-se usar materiais de enchimento em isopor para uma maior segurança estrutural da obra. Por isso não vemos painéis treliçados com enchimento com tamanhos menores que BETA 12. Há casos em que o BETA 12 pode ser com enchimento quando tem-se, 3 cm de base, EPS com 5 cm e capa com 4 cm. 

Além disso, o objetivo dos painéis treliçados com enchimento em isopor é ter um elemento que alivie o peso próprio do produto, além de reduzir consideravelmente o volume total de concreto necessário para o seu capeamento. 

Cortina de Contenção

A diferença se dá apenas no vão entre as placas de concreto que compõe a cortina de contenção, que pode variar entre 8cm, 12cm, 16cm e 21cm, sendo preenchido com concreto in loco. A largura das placas é de 25 cm geralmente. 

A determinação de qual tipo de cortina a se utilizar é dada pelo engenheiro da obra. A face única apresenta apenas uma placa de concreto para montagem, enquanto a dupla-face envolve duas placas de concreto interligadas entre si por uma armação treliçada, formando uma peça única.

Mourão

O padrão utilizado é se ter um espaçamento de 2,5m entre os mourões instalados. Cada furo no chão em que será instalado o mourão deve ter no mínimo 50cm de profundidade, além de se começar a instalacão pelos mourões das extremidades. Assim se evita possíveis desnivelamentos. 

Geralmente se instalam telas de alambrado para finalizar a instalação dos mourões, sendo recomendado o acompanhamento de técnicos habilitados para tal. A mureta com blocos de concreto em sua base é opcional, cabendo ao cliente buscar outros fornecedores para tal.

Não é possível, pois apesar de trazer um pouco de economia traz irregularidades na estrutura e pode acarretar em acidentes. 

Não fornecemos estes materiais, cabendo ao cliente buscar outros fornecedores. Neste caso sempre indicamos aos nossos clientes os melhores parceiros e instaladores.

Escada Caracol

O projeto de uma escada é sempre feito em função do tipo do imóvel e da sua utilização. Assim, uma escada em uma escola infantil deve ter características diferentes das de uma escada em uma casa de praia, por exemplo.  Dessa forma, é responsabilidade do autor do projeto especificar itens como: largura, inclinação, dimensões dos degraus, posicionamento no ambiente, tipo e material dos corrimãos, entre outros, levando em conta, sempre, o usuário final da escada. 

Pode,desde que respeitadas as medidas mínimas de colocação na obra.Em determinados casos se recomenda a utilização de um número reduzido de degraus para vencer um desnível menor.

No caso de uma escada de concreto pré-moldada igual à que a Lajes Jundiaí vende, tem-se a opção do piso com concreto aparente. É possível colocar outro tipo de revestimento no concreto, porém ele tem que ser resistente ou então fácil de colocar.

Alguns exemplos de revestimentos dos degraus: madeira, pedra, mármore, granito, etc. Todos eles duram bem e ajudam acertar pequenas diferenças nos degraus. Lembrando que pra evitar deslizamentos o material deve ser antiderrapante. Já o corrimão, pelo menos instalado em um dos lados, pode ser de madeira, de metal, etc. A escada também pode ser pintada com látex, tinta acrílica, resina acrílica para concreto e outras tintas, de acordo com o ambiente onde estiver instalada. 

Uma coluna de concreto é instalada entre os andares que a escada irá conectar. Vai se medindo os ângulos entre os degraus, que vão sendo montados um sobre o outro até o final da coluna. É necessário que exista uma proporção entre a altura e a profundidade de cada degrau. Uma faixa de ergonomia possível e recomendável é altura de um degrau para o outro de 17 a 19 cm (espelho da escada). Portanto, odegraus têm que ter sempre o mesmo tamanho, e a proporção da altura e da profundidade dos degraus deve ser a mesma. Lembre-se: a aprovação de um projeto por um engenheiro é essencial.

Algumas ideias que podem ser sugeridas:

  • Posicionar a escada em um local em que ela se torne mais visível e mais bonita.
  • Posicionar uma escada no meio de um ambiente para criar uma divisão espacial com a própria estrutura e fluxo.
  • Direcionar o fluxo das pessoas para determinado local.
  • Aproveitar melhor o espaço mobiliável nos dois pisos com uma escada mais íngreme.
  • Obter uma escada mais confortável com uma subida suave e vários patamares.
  • Dividir áreas para usuários diferentes com o posicionamento da escada.
  • Oferecer mais segurança aos usuários com o correto dimensionamento da largura, espelho e pisada.

Galpão

Após a instalação da base em concreto do "esqueleto" do galpão (pilares maciços) são instaladas as telhas ou cobertura com ferragem ou vigas em concreto. Além, claro, do fechamento que geralmente é feito com blocos de concreto ou placas de concreto.

Isso depende muito do projeto. De acordo com o material a ser empregado podemos fabricar sob medida ou então indicar parceiros de confiança para fornecê-lo. 

Balaústre

Os modelos que oferecemos são todos de concreto com variados desenhos. Caso queira um modelo específico contate-nos pelo site ou telefone que podemos providenciar junto aos nossos fornecedores.

Temos vários modelos à pronta entrega em nosso estoque. No site não estão todos por serem muitos os modelos. Como são fornecidos por parceiros o balaústre já está finalizado, bastando retirá-lo conosco ou solicitar a entrega em sua obra. 

No caso das peças pré - moldadas em concreto, estas terão uma ancoragem de ferro tanto na parte superior como na parte inferior. Algumas já vem com o ferro embutido, outras vem com um furo no centro para se passar um ferro e ancorar na viga inferior (parapeito) ou degrau (escada). Depois é ancorado numa viga superior ancorando as pontas superiores. 

Lembre-se sempre que a estrutura deve ser firme e rígida para suportar esforços laterais de uma pessoa indo de encontro a estas peças assentadas. Os projetos de arquitetura que incluírem varandas com guarda-corpos deverão obedecer à norma técnica sobre esse importante elemento de segurança nas edificações. Por isso é essencial a aprovação de um engenheiro para seu projeto. 

Compras

Em nossa área de CONTATO você pode preencher seus dados e nos enviar seu projeto diretamente para avaliação.

Se preferir nos contate via telefone e fale com um de nossos vendedores: (11) 4582-0011

Aceitamos o cartão CONSTRUCARD, cheque, boleto e depósito em conta bancária.

Não existe quantidade mínima. O cliente escolhe o quanto e o que quer comprar.

Quando confirmada a compra iremos realizar um cadastro bem rápido com seus dados pessoais ou de sua empresa. Estes dados são importantes para emissão da nota fiscal e para correta entrega de seu pedido.

Transporte e Retirada

As entregas são realizadas por meio de caminhões próprios da empresa devidamente identificados e em alguns poucos casos terceirizamos o serviço com alguns de nossos parceiros.

No ato da entrega é muito importante ter um responsável pelo recebimento do pedido na obra. Ele deverá ser identificado pelo proprietário antes que encaminhemos nosso caminhão. Este será o nosso contato em caso de algum problema prévio ou posterior à entrega.

Reforçamos que é essencial que se indique exatamente o local na hora do pedido, se possível com referências e eventuais problemas que o caminhão pode encontrar como estradas mais estreitas e irregulares ou locais mais isolados.

Se tiver preferência pela retirada direta na fábrica, com meio de transporte próprio, basta agendar o dia e horário conosco pelo telefone 11 4582-0011 ou email

Nossos produtos são entregues, em média, em até 48 horas.

Sim. Dependendo da quantidade mandamos em um ou mais carregamentos de nossos caminhões.

Blocos de concreto devem ser armazenados preferencialmente em pilhas triângulares de no máximo 1,80m, sobre pallets. A umidade ou chuva não os prejudica quando estocados.

Para estocar lajes e painéis treliçados ou qualquer outro material de concreto não há muitos empecilhos, desde que se tome cuidado no manuseio deles para não haver fissuras ou quebras.

Sim, aliás este é um dos grandes diferenciais da Lajes Jundiaí. Para uma melhor logística de sua obra podemos dividir as entregas de acordo com sua necessidade. Por exemplo, entregar primeiro as vigotas e depois as lajotas de uma laje comprada.

Qualidade

Nosso chefe de produção está sempre atento aos processos de nossa fábrica, comandando o restante de nossa equipe para que forneçam todos os produtos de acordo com as Normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT):

  • NBR 14859-1 à Laje Pré-Fabricada – Requisitos – Parte 1: Lajes Unidirecionais

  • NBR 14859-2 à Laje Pré-Fabricada – Requisitos – Parte 2: Lajes Bidirecionais

  • NBR 14860-1:  Laje pré-fabricada - Pré-laje - Requisitos - Parte 1: Lajes unidirecionais

  • NBR 14860-2:- Laje pré-fabricada - Pré-laje – Requisitos - Parte 2: Lajes bidirecionais

Além disso, o cliente pode contar com a tradição de 38 anos de nossa empresa e todo know how que adquirimos durante todo esse tempo.

Consideramos a escolha de nossos fornecedores fato primordial para entregar nossos produtos com a mais alta qualidade. Por isso apenas trabalhamos com os melhores fornecedores da região, além de grandes empresas que estão no ramo da construção civil. Para conhecer um pouco mais sobre nossos parceiros acesse nossa página de Parceiros.

Projeto e Termos Técnicos

A Lajes Jundiaí oferece atendimento técnico altamente especializado para que se calcule a melhor solução para sua obra. São levados em conta o tamanho do vão, sobrecargas e projeto arquitetônico/estrutural apresentado pelo cliente.

Para maiores detalhes acesse nossa página de "Cálculo de sobrecarga" com a tabela indicativa da ABNT.

Nossa empresa sempre entregará o melhor produto possível, respeitando as regras impostas pelo órgãos reguladores, de forma à atender as demandas estruturais das obras de nossos clientes.

A responsabilidade sobre o desenvolvimento da obra de forma que se tenha o projeto devidamente implantando é do engenheiro.

Devem ser muito bem indicadas as áreas com suas respectivas utilizações (depósitos, jardins, terraços, casa de máquinas etc.).Além de considerar suas necessidades e costumes, topografia do terreno, orientação solar e os ventos dominantes da área de construção. Tudo isso pode influir na forma de sua casa ou empreendimento e , consequentemente, nas lajes a serem utilizadas.

Visitamos a sua obra para um orçamento sem compromisso ou ligue (11) 4582-0011